As empresas na mira da Lei Geral de proteção de dados

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrará em vigor em agosto de 2020, trata da proteção de informações sensíveis: dados que podem causar um alto risco de exposição tanto na sua vida social quanto profissional, como nome, nome completo, endereços de residência/trabalho/faculdade, número de telefone, número de celular, CPF, RG, número do cartão de crédito. Entre os problemas causados pela exposição estão os golpes de fraude de identidade e a engenharia social, que permite desde a abertura de contas bancárias para obtenção de crédito a tentativa de recuperação de credenciais de acessos a serviços online da vítima, por exemplo. 

A LGPD estabelece novas regras em relação à coleta, armazenamento e uso de dados pessoais. Seu principal objetivo é aumentar a autonomia do titular sobre as próprias informações, facilitando o acesso a elas e permitindo que seu uso seja revogado sempre que exigido. 

Apesar de tratar da segurança de dados pessoas, essa lei afeta também as empresas. Elas serão obrigadas a incrementarem a proteção desses dados, pois violações de segurança estarão sujeitas a penalidades significativas — no caso, multas de até R$ 50 milhões. 

Visando garantir a proteção das informações privadas de posse das companhias, a Microsoft, uma das empresas que mais investem em segurança em todo o mundo, e parceira da TechLead, desenvolveu o Microsoft 365 (uma combinação do Office 365, Windows 10 e serviços de segurança), que resultou em um conjunto de serviços que vai permitir ao seu negócio atender aos requisitos da LGPD.  

O ideal é poder contar com especialistas em gestão de segurança cibernética e da informação, como a TechLead IT Solution, referência nessa área no norte do Brasil e parceira da Microsoft, líder no segmento de soluções para governança, riscos e compliance. Nossos profissionais trabalham em parceria com especialistas da área jurídica em uma oferta integrada, que avalia o nível de maturidade de empresas em relação à Lei Geral de Proteção de Dados e no desenvolvimento de planos de ação para adequar os processos internos à nova legislação. 

Muitas empresas estão ignorando o quão desafiadora e complexa é a transição que garante, ao fim, a conformidade do negócio. Não espere a lei entrar em vigor, entre em contato conosco e veja como ter um negócio mais seguro.